top of page
  • Foto do escritorWalter Westphal

FIA anuncia mudanças nas regras da F1 em 2023

Atualizado: 2 de fev. de 2023



Leclerc Ferrari luta pelo vice campeonato - Divulgação

Os carros de Fórmula 1 terão retrovisores maiores para melhorar os "pontos cegos", além de várias outras melhorias de segurança. As alterações foram anunciadas no Conselho Mundial de Automobilismo da FIA que se reuniu em Londres. A FIA também identificou "problemas de procedimento" durante o incidente do trator no GP do Japão neste ano. O regulamento esportivo também foi mudado. Agora o procedimento para determinar as posições no grid após múltiplas punições foi esclarecido. O artigo 28.3 não determina mais que um piloto deve largar no fim do grid se receber uma punição de 15 posições. Agora o regulamento afirma que se um piloto acumulou mais de 15 posições no grid em punições ou foi penalizado a largar no fim do grid, ele largara atrás de qualquer outro piloto classificado.


Perez Red Bull luta pelo vice campeonato - Divulgação

Quaisquer pilotos com 15 ou menos posições perdidas serão alinhados de acordo com seu resultado na classificação. E por fim, quando um piloto abandonar seu carro mesmo temporariamente, será considerado que ele se retirou da sessão, exceto no caso de suspensão da corrida. Se o carro for abandonado durante uma  "corrida suspensa", o piloto pode retornar desde que ele não tenha sido abandonado devido a um problema mecânico, danos ou visando ganhar uma vantagem. Desta maneira a Fórmula 1 além do quesito segurança pretende também um equilíbrio maior na temporada.


Verstappen Red Bull já é o Bi campeão mundial - Divulgação

Outras mudanças para 2023 são os assoalhos dos carros de F1 para evitar o porpoising (pulos em excesso) vistos este ano. A mudança da F1 para carros com efeito solo, como parte de sua revisão radical dos regulamentos técnicos para 2022, viu o retorno da oscilação vertical ou "porpoising" nas retas.


O Porpoising deve ser evitado em 2023 - Foto: Walter Westphal

Os saltos causaram problemas para várias equipes, principalmente a Mercedes, provocando pedidos de mudanças por motivos de segurança. Em um GP neste ano, Lewis Hamilton teve dores na região lombar no final da corrida. A partir de 2023 as bordas dos assoalhos nos carros serão levantadas em 15 mm enquanto a altura do difusor também será aumentada e suas bordas terão mais rigidez. A FIA exigirá também que um sensor adicional seja utilizado no piso para monitorar o comportamento da peça. Mudanças no santantonio dos carros também serão introduzidas visando a redução das chances de ele cavar no chão durante uma capotagem, como aconteceu com a Alfa Romeo de Guanyu Zhou este ano. Para 2026 a FIA pretende oficializar novas regras de motores nos parâmetros de unidades de potência. Essas regras são o resultado de extensa pesquisa e desenvolvimento, bem como consulta colaborativa entre a FIA e os novos fabricantes existentes e potenciais.


Foto: Walter Westphal

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page