top of page
  • Foto do escritorWalter Westphal

Stock Car definirá título em Interlagos

A Stock Car Pro Series voltou às pistas em Goiânia com as etapas 10 e 11. Voltou com novidades e um novo regulamento para pit stops. Uma reunião entre a Vicar, CBA e Associação Nacional de Equipes deu início a um processo novo no conjunto de regras para mais segurança. As novas regras são:

  • Redução de velocidade nos boxes;

  • Aumento da janela de pit stop em mais voltas a serem disputadas;

  • Paradas mais próximas do box ou seja, 1,5 m da porta do box;

  • Proteção da área de trabalho;

  • Liberação dos carros do box (o operador da placa ou pirulito no pit stop) passará a contar com referências visuais instaladas no pit lane.

O campeonato após 11 etapas está bem equilibrado. O circuito de Goiânia corre no sentido fuso horário, tem 3 kms e 13 curvas. Recebe o nome Ayrton Senna em homenagem ao piloto tri campeão de F1. É considerado um traçado de extrema segurança de média para alta velocidade. Na décima etapa no sábado corrida 1 pole de César Ramos. Com direito a 12 acionamentos do "push to pass" (aceleração plena) para cada piloto foi uma largada limpa. Na janela do pit stop já obedecendo às novas regras não houve incidentes. No sprint final uma bela briga de posições no pelotão intermediário entre Rossi / Piquet / Batista. Final de corrida com César Ramos em 1°, 3 segundos e 9 décimos à frente do segundo colocado Ricardo Zonta e fechando o pódio em terceiro Ricardo Maurício. Na corrida 2 com grid invertido pole de Bruno Batista. Na largada limpa uma bela briga na linha de 4 com Batista / Rossi / Piquet / Barrichello. O safety car foi acionado uma vez no abandono de Tuca Antoniasi. Na janela do pit stop sem incidentes, Nelsinho Piquet Jr. e equipe efetuaram uma estratégia perfeita e uma parada precisa. Piquet voltou na liderança e no sprint final venceu a corrida trazendo em 2° Ricardo Zonta e em 3° Ricardo Maurício.

Na corrida de domingo etapa 11 pole de Ricardo Maurício. Com temperatura da pista em 55 graus muito calor, foi uma largada limpa. Uma stock que mais uma vez mostrou todo seu equilíbrio com aproximadamente 15 carros andando na mesma balada inclusive os líderes que ainda carregavam o "Lastro do sucesso". Na janela do pit stop sem incidentes. No sprint final na troca de posições e um belo pega Maurício X Camilo. Final de corrida vitória de Ricardo Maurício com Thiago Camilo em 2° e César Ramos em 3°. Na corrida 2 com grid invertido pole de Daniel Serra. Na linha de três uma largada limpa. A corrida teve uma intervenção do safety car e a janela do pit stop sem incidentes. Na estratégia perfeita e bem efetuada para a segunda corrida, Diego Nunes que saiu em 17 ° no grid, assumiu a liderança da corrida na saída dos boxes. No sprint final com 2 segundos e 3 décimos à frente Nunes venceu trazendo em 2° Gaetano di Mauro e em 3° Daniel Serra. Com a quinta colocação conquistada na primeira corrida e a oitava colocação na segunda corrida, na soma dos pontos, Rubens Barrichello assume a liderança do campeonato. Entram na briga pelo título 4 pilotos na disputa da etapa 12 última em São Paulo.

A classificação da Stock ficou assim:

  • Rubens Barrichello 298 pts;

  • Daniel Serra 290 pts;

  • G. Casagrande 288 pts;

  • Matias Rossi 268 pts.

A décima segunda (12ª) e última etapa será realizada no dia 11 de dezembro no autódromo José Carlos Pace em Interlagos SP.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page